Fev 22, 2012
 0

O grande desafio

Por­tu­gal aproxima-se a pas­sos lar­gos para uma mudança estru­tural no desen­volvi­mento da sua econo­mia e da sua sociedade como ger­adora de riqueza. É inevitável que assim seja. Ape­sar de todas as man­i­fes­tações, greves e toda a con­tes­tação, Por­tu­gal já há muito que dev­e­ria ter alter­ado a sua dinâmica social ao nível de como a sua econo­mia fun­ciona. A grande difer­ença é que vai ser necessário queimar uma ou mais leg­is­lações, um ou mais gru­pos de gov­er­nantes, na ten­ta­tiva de ten­tar mudar a ori­en­tação de um ice­ber­gue pela ponta — quando dev­e­riam ter sido feitos esforços para ori­en­tar a sua direcção, lid­erando pela base, na edu­cação dos seus cidadãos.

Com a glob­al­iza­ção, a tec­nolo­gia que ajuda a homo­geneizar todo o tecido económico do mundo, as mudanças que se estão a gerar são globais — e Por­tu­gal não está indifer­ente a elas. Con­tin­uar a ler… »