Feche o seu primeiro negócio!Agora que já tomamos a decisão de ser free­lancers, temos o nosso plano de poupança delin­eado, neces­si­ta­mos de encon­trar clientes, gan­har pro­jec­tos e din­heiro e, muito impor­tante, man­ter os clientes!

Na maio­ria das vezes, o free­lancer só se pre­ocupa com a obtenção, con­clusão e respec­tivo paga­mento, igno­rando o trata­mento pos­te­rior ao cliente. Se é esper­ado obter­mos mais tra­balho de um mesmo cliente, ter­e­mos de tra­bal­har para isso e ser­mos um pouco de com­er­cial, exe­cu­tante e financeiro.

E como angariar o seu primeiro cliente ?

Angariar clientes

Explore o seu cír­culo interno

O seu cír­culo interno é de facto a sua família e ami­gos. Sim, eu sei que é o que se faz agora muitas vezes mas se se faz é porque ainda fun­ciona. No entanto, denota-se uma maior quan­ti­dade de free­lancers que, por uma razão ou por outra, acham que não o devem fazer por ver­gonha. Eu con­sidero que o cír­culo interno é o mel­hor refer­rer que podemos ter. Família e ami­gos têm viz­in­hos que con­hecem pes­soas é através das lig­ações que o mundo fun­ciona. Anti­gos cole­gas de tra­balho tam­bém são exce­lentes opções, desde que tenha man­tido sem­pre uma boa relação com os mesmos.

Apre­sente um show­case dos seus serviços

Para quem tem mais trato social, uma apre­sen­tação dos seus serviços a empre­sas da área é exce­lente. Vou dar um exem­plo, a empresa Real­Web­Biz (fic­tí­cio) procura um web­de­signer a termo para um dos seus clientes. Seguindo a página da empresa ou através de notí­cias da área, sabe­mos que a empresa Real­Web­Biz dis­põe de 4 clientes leais. Em vez de se apre­sentarem à Real­Web­Biz, vão ofer­e­cer os vos­sos prés­ti­mos às várias com­pan­hias com quem a Real­Web­Biz tra­balha e assim obter um tra­balho de free­lance que na Real­Web­Biz pode­ria sair mais dis­pendioso para a empresa cliente, por exemplo.

Garantias...

IRS — Na ver­dade, temos devoluções de vez em quando.

Criar um port­fólio disponível (online)

De uma maneira mais pas­siva que as ante­ri­ores, é pos­sível criar um port­fo­lio online e em toda a inter­acção social online ou não, focar o port­fólio e onde se encon­tra, para se mais vision­ado. O port­fo­lio é parte inte­grante da per­son­al­i­dade do free­lancer e tem de se encon­trar con­stan­te­mente actualizado.

Clas­si­fi­ca­dos

Outra boa fer­ra­menta de divul­gação dos seus serviços e angari­ação pas­siva de clientes são os anún­cios em clas­si­fi­ca­dos. Faça questão de colo­car um anún­cio escrito de forma profis­sional e a acom­pan­har um link para o seu port­fólio online, de modo a poder ser req­ui­si­tado. Qual­quer forma de imagem a acom­pan­har o clas­si­fi­cado, de prefer­ên­cia um logotipo, exerce um atrac­tivo especial.

Parce­rias

Uma parce­ria é uma boa fer­ra­menta de divul­gação dos seus serviços. Imag­i­nando que o leitor é um pro­gra­mador web e que propõe uma parce­ria a um designer / ani­mador flash. A troco de tar­i­fas mais baixas e de uma colo­cação do seu nome nos tra­bal­hos, ou da pos­si­bil­i­dade de colo­car os tra­bal­hos no seu cur­rículo, a parce­ria pode per­mi­tir uma maior vis­i­bil­i­dade do seu trabalho.

Acred­ito que seguindo estes pas­sos, encon­traremos o nosso primeiro cliente. Mas o difí­cil não é gan­har os clientes, é mantê-los fiéis e sat­is­feitos com o nosso desempenho.

Irei apre­sen­tar futu­ra­mente como con­seguir o primeiro pro­jecto, como acom­pan­har os clientes, como man­ter os clientes sat­is­feitos e como arran­jar mais pro­postas aceites dos mes­mos clientes.

Um abraço e tudo de bom,

0 comments